18:36 16 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    915
    Nos siga no

    O líder da oposição venezuelana Juan Guaidó teve conversa com o secretário de Estado dos Estados Unidos (EUA), Antony Blinken, nesta terça-feira (2).

    Os dois discutiram o fornecimento de ajuda humanitária à Venezuela, que sofre uma crise econômica há anos, bem como o fornecimento de vacinas contra a COVID-19.

    A informação foi publicada pela Reuters, que ouviu quatro pessoas para confirmar a notícia. Este foi o contato de Guaidó com a autoridade norte-americana de mais alto escalão desde que Joe Biden assumiu a Casa Branca, em 20 de janeiro.

    O Departamento de Estado dos EUA não respondeu a um pedido de comentário da agência.

    Um funcionário da Casa Branca disse à Reuters no último fim de semana que o governo Biden "não tem pressa" em suspender as sanções aplicadas pelos EUA contra a Venezuela durante o governo Trump. Biden, no entanto, consideraria flexibilizá-las caso Maduro mostrasse que está pronto para negociar seriamente com a oposição.

    Pelo Twitter, o ministro das Relações Exteriores do Canadá, Marc Garneau, disse que também conversou com Guaidó nesta terça-feira (2).

    O Canadá está empenhado em fortalecer a democracia em nosso hemisfério e em todo o mundo. Eu falei com Guaidó para expressar a solidariedade do Canadá com o povo da Venezuela enquanto enfrentam a pandemia de COVID-19 e para reiterar o apoio do Canadá ao retorno da democracia para a Venezuela.

    Os EUA, o Canadá e dezenas de outros países reconheceram Guaidó como o líder legítimo da Venezuela em janeiro de 2019 depois que o opositor, então líder da Assembleia Nacional, se autoproclamou presidente interino da Venezuela, argumentando que a reeleição do presidente Nicolás Maduro em 2018 havia sido fraudulenta.

    Em resposta, Maduro argumentou que Guaidó é um fantoche dos EUA que busca tomar a presidência da Venezuela com um golpe.

    Mais:

    Promotores da Venezuela investigam ex-presidente da PDVSA por supostos subornos de empresa espanhola
    UE adverte Venezuela do 'isolamento internacional' e pede para voltar atrás de expulsar embaixadora
    UE declara 'persona non grata' chefe de missão diplomática da Venezuela
    Parlamentar opositor da Venezuela diz ter sido deportado dos EUA por estar 'colaborando' com Maduro
    Tags:
    Canadá, Estados Unidos, Antony Blinken, Venezuela, Juan Guaidó
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar