05:27 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    120
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Joe Biden, reverteu uma ordem que limitava o número de novos vistos de trabalho para trabalhadores estrangeiros temporários em meio à pandemia de coronavírus, informou a Casa Branca.

    "A suspensão da entrada imposta na Proclamação 10014 [...] não promove os interesses dos Estados Unidos. Pelo contrário, prejudica os Estados Unidos, até por impedir que alguns parentes de cidadãos norte-americanos e residentes legais permanentes se juntem a suas famílias aqui", disse Biden na ordem divulgada pela Casa Branca nesta quarta-feira (24).
    Trabalhadores durante protesto por melhores condições de trabalho, em Nova York, EUA, 30 de setembro de 2020
    Andrew Kelly
    Trabalhadores durante protesto por melhores condições de trabalho, em Nova York, EUA, 30 de setembro de 2020

    Em junho de 2020, o ex-presidente Donald Trump assinou uma proclamação que suspendeu certas categorias de vistos de trabalho de não imigrantes, como parte de um esforço para reviver a economia dos EUA em meio à pandemia do novo coronavírus.

    A lista inclui vistos H-1B para trabalhar em indústrias de alta tecnologia e uma série de outros para trabalhadores de baixa qualificação, estagiários, professores e transferências de empresas.

    Milhares de latino-americanos, especialmente de origem mexicana e centro-americana, viajam temporariamente para os EUA todos os anos para trabalhar principalmente no setor agrícola.

    Mais:

    Premiê iraquiano discute com Biden cooperação para lutar contra o Daesh
    Biden e Trudeau concordam em combater influência da China e modernizar o NORAD
    Biden 'planeja' ligar a rei saudita dia antes da emissão de relatório sobre assassinato de Khashoggi
    Tags:
    trabalho, imigrantes, Casa Branca, vistos, Joe Biden, governo, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar