19:11 29 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    490
    Nos siga no

    Na quinta-feira (18), o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou o governo colombiano de Iván Duque de amparar e patrocinar o tráfico de cocaína e de estar transformando a Colômbia em um "verdadeiro narcoestado".

    "A Colômbia tem sido considerada a produtora de 70% da cocaína mundial, sendo reconhecida por órgãos das Nações Unidas e do Departamento de Estado dos EUA. Passaram de 46 mil hectares de produção das folhas de coca para mais de 200 mil [hectares]. O governo de [Iván] Duque está expandindo [a produção de cocaína]", declarou Maduro, durante evento de criação da Superintendência Antidrogas.

    De acordo com o presidente venezuelano, 84% da droga produzida na Colômbia sai do país por via marítima através do oceano Pacífico, sendo a Venezuela vítima de 8% do tráfico que tenta atravessar o seu território.

    Durante os últimos dias as acusações mútuas entre Caracas e Bogotá se intensificaram depois que Duque acusou Maduro, sem provas, de amparar grupos subversivos e narcotraficantes em seu território.

    O presidente venezuelano afirmou que a máfia narcotraficante da Colômbia assumiu o poder político da nação. Para Maduro, a tomada de poder é relatada em relatórios secretos dos EUA sobre o governo colombiano.

    "Eles têm provas e dados suficientes do envolvimento desta máfia que governa a Colômbia em todos os [atos] ilícitos que destroem a sociedade norte-americana, centro-americana e mundial. Colômbia é um verdadeiro narcoestado", explicou.

    No início deste mês, Maduro denunciou que os governos de Colômbia e Espanha dirigem e permitem, respectivamente, a elaboração de planos terroristas contra a Venezuela.

    Mais:

    Maduro considera envolver iniciativa privada na vacinação da Venezuela
    Governo da Espanha evita comentar prisão de rapper, mas anuncia mudanças na lei
    Nicolás Maduro indica vontade de retornar relações com os EUA: 'Estamos à disposição para dialogar'
    Tags:
    América do Sul, Nicolás Maduro, Venezuela, Colômbia, narcotráfico, narcoestado
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar