09:50 17 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    118
    Nos siga no

    Os EUA impuseram restrições de visto a 43 cidadãos da Bielorrússia, incluindo funcionários de alto escalão, acusando-os de minar a democracia desse país, disse o secretário de Estado, Antony Blinken.

    "Nesta quinta-feira [18], o Departamento de Estado dos EUA agiu de acordo com a Proclamação Presidencial 8.015 para impor restrições de visto a 43 bielorrussos responsáveis ​​por minar a democracia bielorrussa, tornando-os geralmente inelegíveis para entrar nos Estados Unidos", declarou Blinken em um ato público.

    A ação teve como alvo "oficiais de alto escalão do setor de justiça; líderes policiais e funcionários de base que detiveram e abusaram de manifestantes pacíficos; juízes e promotores envolvidos na condenação de manifestantes pacíficos e jornalistas a penas de prisão; e administradores acadêmicos que ameaçaram estudantes por participarem de protestos pacíficos".

    Manifestantes com máscaras faciais carregam antigas bandeiras nacionais da Bielorrússia durante ação de protesto em Minsk, Bielorrússia, 13 de dezembro de 2020
    © AP Photo
    Manifestantes com máscaras faciais carregam antigas bandeiras nacionais da Bielorrússia durante ação de protesto em Minsk, Bielorrússia, 13 de dezembro de 2020

    A decisão foi tomada após duas rodadas anteriores de designações que impuseram restrições de visto a 66 pessoas identificadas pelos EUA como responsáveis ​​por "minar a democracia bielorrussa".

    A Bielorrússia enfrentou protestos desde a eleição presidencial de 9 de agosto de 2020, marcada por alegações de fraude eleitoral. Aleksandr Lukashenko, que está no poder desde 1994, rejeitou as críticas e as acusações.

    Mais:

    EUA consideram que Irã está 'longe de cumprir acordo nuclear'
    Chefe do Pentágono diz à OTAN que EUA não farão saída precipitada do Afeganistão
    Com aproximação em debates sobre o meio ambiente, Brasil e EUA têm a ganhar, avaliam especialistas
    Tags:
    EUA, Bielorrússia, governo, relações exteriores, visto, restrições
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar