19:21 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 61
    Nos siga no

    Paraguai buscará utilizar sua "boa relação" com o presidente Jair Bolsonaro para "impulsionar" a concretização do acordo entre o Mercosul e a União Europeia (UE), disse chanceler paraguaio.

    Em entrevista à Sputnik, o ministro das Relações Exteriores, Euclides Acevedo, disse que as relações entre Bolsonaro e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, são "muito boas". 

    O chanceler também afirmou que a questão da Amazônia é importante para "todo o mundo". 

    "As relações com o presidente Bolsonaro são muito boas por parte do presidente Mario Abdo Benítez. O tema da Amazônia, não somente afeta o Brasil, afeta todo o mundo. Acredito que qualquer acordo que se chegue tenha que ser sob uma concepção clara em relação ao meio ambiente, não só por um instinto de sobrevivência, mas também por elevação estratégica internacional", disse Acevedo. 

    Os aumentos das taxas de incêndios e desmatamento na Amazônia são um entrave para a formalização do acordo entre a União Europeia e o Mercosul. Diversos países do bloco europeu, como a França, pressionam o Brasil para que mude sua política ambiental.

    No início de outubro do ano passado, o Parlamento Europeu decidiu que o pacto negociado entre o Mercosul e a UE não poderia ser ratificado, devido às dúvidas sobre o respeito das nações sul-americanas, principalmente o Brasil, às salvaguardas ambientais previstas no acordo. 

    'Pretexto para frear o acordo'

    O chanceler paraguaio, por sua vez, afirmou que pouco a pouco os problemas vão sendo solucionados. Ao mesmo tempo, admitiu que, no Paraguai, as florestas "estão criminosamente desmatadas",

    "O problema com o meio ambiente vai ser abordado, mas não queremos que isso seja um pretexto para frear o acordo com a União Europeia", disse o ministro. 

    Assinado em junho de 2019, o acordo entre a UE e o Mercosul, formado atualmente por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai (a Venezuela está suspensa), precisa ser ratificado por todos os países do bloco europeu.

    Mais:

    Primeiro lote da Sputnik V chega ao Paraguai nesta quinta-feira
    Paraguai espera receber o presidente russo Vladimir Putin em Assunção, diz chanceler
    Presidente do Paraguai agradece a Putin fornecimento da vacina russa Sputnik V
    Tags:
    Brasil, Paraguai, Mario Abdo Benítez, Jair Bolsonaro, acordo, União Europeia, chanceler, desmatamento, Amazônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar