21:16 26 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 22
    Nos siga no

    A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, anunciou na segunda-feira (15) a intenção de criar um comitê independente para revisar "fatos e causas" de invasão ao Capitólio de 6 de janeiro perpetrada pelos trumpistas.

    Pelosi escreveu em uma carta aos legisladores que o comitê será estabelecido como um criado após os ataques de 11 de setembro de 2001, e adicionou que o estabelecimento observará "os fatos e as causas relacionados a prontidão e resposta da Polícia do Capitólio dos EUA e outras federais, estaduais e locais forças policiais", citada pelo canal de televisão CNBS.

    Além disso, a presidente da Câmara ponderou a necessidade de alocar financiamento adicional a fim de prover a segurança dos membros do Congresso, ressaltando que "devemos chegar à verdade de como isso aconteceu".

    Em 6 de janeiro, trumpistas invadiram o Capitólio após manifestações em Washington, causando a interrupção do funcionamento do Congresso por várias horas. Como resultado do ataque, uma participante dos protestos e um policial morreram no local, e mais três oficiais faleceram por causas não relacionadas à violência.

    Agora, o edifício do Congresso permanece sendo guardado por mais de cinco mil soldados da Guarda Nacional e cercado por arame farpado. As tropas supostamente vão ficar até meados de março.

    Mais:

    Filho de casal brasileiro é preso por invadir o Capitólio dos EUA (FOTO)
    Facebook compartilha com FBI mensagens privadas de envolvidos no ataque ao Capitólio dos EUA
    'Viking-xamã' invasor do Capitólio dos EUA agora quer testemunhar contra Trump no Senado
    Justiça dos EUA revela que líder militante 'esperou direção' de Trump para invadir Capitólio
    Tags:
    comitê executivo, Nancy Pelosi, Capitólio, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar