03:57 04 Março 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 44
    Nos siga no

    Aproximadamente 4,5 quilos de explosivos C-4 desapareceram da Base dos Fuzileiros Navais de Twentynine Palms, no condado de San Bernardino, EUA, segundo mídia.

    O porta-voz do Serviço Naval Investigativo Criminal, Jeff Houston, confirmou o início de uma investigação sobre o desaparecimento dos explosivos. Contudo, ele não forneceu qualquer detalhe como, por exemplo, que tipo de explosivos havia desaparecido ou quando o incidente ocorreu, devido ao processo investigativo.

    Contudo, fontes disseram à ABC 10News San Diego que a carga era formada por aproximadamente 4,5 quilos de C-4, e que o comandante da unidade que perdeu os explosivos enviou uma mensagem interna prometendo uma recompensa por informações que ajudem a os encontrar.

    As autoridades locais também foram informadas sobre o incidente, embora o apoio policial não tenha sido solicitado até o momento.

    De acordo com informações, os explosivos desapareceram durante os exercícios iniciados no dia 15 de janeiro na base dos Fuzileiros Navais.

    O Corpo de Fuzileiros Navais afirmou que os treinamentos são "designados para preparar a Força-Tarefa Ar-Terra dos Fuzileiros para operações em torno do mundo, elevando suas capacidades para operar e conduzir operações de combate defensivo e ofensivo".

    Meio quilo desse explosivo moldável tem potência suficiente para matar várias pessoas ou destruir um veículo e 4,5 quilos podem explodir o telhado de uma casa ou causar danos significativos em outras estruturas, destruir um avião ou descarrilhar um trem.

    Os explosivos podem ser usados em bombas, granadas e minas e são amplamente empregados pelos militares dos EUA.

    Mais:

    EUA têm década decisiva para reforçar Marinha do país
    EUA reforçarão Marinha indiana com vendas de armas em meio à tensão com China
    Marinha dos EUA luta para desenvolver navios não tripulados
    Tags:
    Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, Corpo de Fuzileiros Navais, fuzileiros navais, Marinha dos EUA, explosivos, explosivo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar