02:44 09 Março 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Situação mundial da COVID-19 no início de fevereiro de 2021 (80)
    0 20
    Nos siga no

    O presidente do Peru, Francisco Sagasti, disse nesta quinta-feira (4) que o governo do país selou um acordo com a Pfizer para a compra de 20 milhões de doses de vacinas contra a COVID-19.

    O anúncio do acordo foi feito em uma mensagem transmitida pela televisão. O presidente disse que as primeiras 250 mil doses chegarão em março, e mais 300 mil doses devem estar disponíveis para o Peru em abril.

    Presidente @FSagasti: Já fechamos o acordo com a Pfizer para nos entregar 250.000 doses de vacinas em março e 300.000 em abril, num total de 20 milhões de doses a serem distribuídas nos meses seguintes.

    O governo peruano aprovou no início desta semana o uso da vacina da Pfizer. O Peru luta contra um novo pico da pandemia, com hospitais à beira do colapso. No total, o país acumula 1,1 milhão de casos de COVID-19, além de 41,5 mil mortes causadas pela doença, segundo números da Universidade Johns Hopkins.

    A ministra da Saúde do país, Pilar Mazzetti, alertou para o aumento das infecções em janeiro de 2021, destacando que a cepa encontrada em Manaus já está em três regiões do Peru (Loreto, Huánuco e Lima). Ela lembrou também que a variante britânica está no país desde o início de janeiro.

    Na semana passada, o Peru já havia autorizado a importação e a aplicação de um milhão de doses da vacina do laboratório chinês Sinopharm. O primeiro lote das vacinas chinesas deve chegar ao país no dia 13 de fevereiro.

    Em Pequim, uma caixa de uma vacina contra a COVID-19 da farmacêutica chinesa Sinopharm é exibida durante uma feira internacional, em 5 de setembro de 2020
    © AP Photo / Mark Schiefelbein
    Em Pequim, uma caixa de uma vacina contra a COVID-19 da farmacêutica chinesa Sinopharm é exibida durante uma feira internacional, em 5 de setembro de 2020

    O Peru tem um acordo com a AstraZeneca para o recebimento de 14 milhões de vacinas, que devem chegar no segundo semestre de 2021. O país receberá, ainda, doses do consórcio COVAX.

    O governo peruano afirmou que está em negociações avançadas com a Johnson & Johnson para a compra de cinco milhões de vacinas Janssen. Além disso, negocia para adquirir também as vacinas CoronaVac e Sputnik V e os imunizastes desenvolvidos pela Moderna, Novavax e Curevac, conforme noticia a Reuters.

    Tema:
    Situação mundial da COVID-19 no início de fevereiro de 2021 (80)

    Mais:

    Peru entra em conflito com farmacêutica Pfizer por efeitos colaterais da vacina
    Tribunal do Peru acusa Bill Gates, Soros e Rockfeller de criar coronavírus
    Encontradas tumbas de crianças da elite do Império Inca de 500 anos no Peru (FOTOS)
    Após Peru, Equador mobiliza tropas para fronteira visando frear imigração ilegal (VÍDEO, FOTOS)
    Tags:
    presidente, Pfizer, vacina, Peru, novo coronavírus, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar