01:08 09 Março 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    160
    Nos siga no

    Os EUA veem a extensão do novo tratado START com a Rússia como o início dos esforços para resolver questões nucleares e estratégicas, disse o porta-voz do Pentágono, John Kirby, nesta quarta-feira (3).

    "O presidente [Joe Biden] deixou claro que a extensão do Novo START é o início dos esforços para tratar de questões de estabilidade nuclear e estratégica", declarou Kirby durante entrevista coletiva.

    O tratado prolongado entrou em vigor nesta quarta-feira (3), com Rússia e EUA trocando as notas referidas, segundo comunicado do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    Míssil balístico intercontinental do sistema de mísseis estratégicos Avangard durante instalação no silo de lançamento na região de Orenburgo, Rússia
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia
    Míssil balístico intercontinental do sistema de mísseis estratégicos Avangard durante instalação no silo de lançamento na região de Orenburgo, Rússia

    "Em 3 de fevereiro de 2021, o MRE da Rússia e a embaixada dos EUA em Moscou intercambiaram as notas diplomáticas em relação ao cumprimento de procedimentos interinos requeridos para sua entrada em vigor e assim estender o Tratado de Redução e Limitação Prolongada de Armas Estratégicas (Novo START) de 8 de abril de 2010. Respectivamente, este tratado entrou em vigor no mesmo dia", anunciou o ministério em comunicado oficial.

    O tratado prevê que cada lado vai reduzir seus arsenais nucleares de tal maneira que em sete anos e no futuro, o número total de armamento não ultrapasse 700 mísseis balísticos intercontinentais, mísseis balísticos em submarinos e bombardeiros pesados, tanto como 1.550 ogivas e 800 sistemas de propulsão implantados e não implantados. O tratado foi definido para expirar em 5 de fevereiro de 2021.

    Mais:

    Legislativo russo ratifica prorrogação do tratado Novo START por mais 5 anos
    Putin estende tratado Novo START por 5 anos
    Prolongamento do tratado Novo START entra em vigor com validade até 2026, anuncia MRE russo
    Tags:
    relações exterirores, Tratado START, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar