18:06 20 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    263
    Nos siga no

    Onze militares norte-americanos em serviço ativo — um oficial, dois suboficiais e oito soldados alistados na 11ª Brigada de Artilharia de Defesa Aérea — permanecem hospitalizados desde quinta-feira (28), após terem consumido um anticongelante pensando que era álcool.

    Nesta sexta-feira (29), o Exército dos EUA informou que os militares que ingeriram o componente tóxico estariam em exercícios de campo por dez dias no complexo militar McGregor Range de Fort Bliss, no estado americano do Texas. Ao se sentirem mal, os militares informaram de imediato, tendo sido rapidamente levados ao hospital para receberem tratamento.

    "Todos os afetados permanecem no Centro Médico Militar William Beaumont. Dois soldados ainda se encontram gravemente doentes e foram admitidos na Unidade de Terapia Intensiva", detalhou a porta-voz de Fort Bliss, tenente-coronel Allie Payne, em um comunicado, referindo que os restantes nove ainda estão "sob observação e estreita vigilância de laboratório".

    Os resultados iniciais de toxicologia indicaram que os militares em causa sofreram intoxicação por etilenoglicol.

    Mais:

    Notório think tank americano publica estratégia de como conter China
    Fraude em álcool gel usado para prevenir COVID-19 é alvo de operação da Polícia Federal em Minas
    Ex-chanceler da Dinamarca: Rússia recupera status de superpotência militar
    Tags:
    EUA, Exército dos EUA, Texas, exercício militar, intoxicação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar