10:30 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    0 60
    Nos siga no

    O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta sexta-feira (29) que 870 mil doses da vacina russa Sputnik V chegarão ao país no final da próxima semana.

    Em um vídeo publicado no Facebook, o presidente mexicano disse que conversou pelo telefone com seu homólogo russo Vladimir Putin nesta sexta-feira (29).

    "Falei com o presidente Putin, que aliás foi muito fraterno, e ele se ofereceu para nos mandar vacinas Sputnik V. É uma vacina que eles [russos] estão produzindo, e essas vacinas vão chegar daqui a alguns dias, acho que até o final da semana essas vacinas chegarão”, disse López Obrador.

    No mesmo vídeo, Obrador afirmou que o México garantiu também 870 mil doses adicionais da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca, que serão importadas da Índia.

    Na última segunda-feira (25), Obrador já havia anunciado o fechamento de acordo com a Rússia para a aquisição de 24 milhões de doses da vacina produzida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya.

    Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, o México é o terceiro país com mais mortes causadas pela COVID-19, com 155.145 óbitos. Somente Brasil (222 mil) e Estados Unidos (436 mil) estão à frente. O México já registrou mais de 1,8 milhão de casos de COVID-19.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Após inspeção, Anvisa afirma que União Química não está produzindo Sputnik V sem autorização
    Bolívia recebe o 1º lote da Sputnik V e Arce garante: a vacinação começa nesta sexta-feira (VÍDEO)
    'Expectativa favorável': STF pode aprovar uso da vacina Sputnik V no Brasil
    Bolívia inicia vacinação contra COVID-19 com o imunizante russo Sputnik V
    Tags:
    México, Andrés Manuel Lopez Obrador, Vladimir Putin, Rússia, Sputnik V, pandemia, COVID-19, novo coronavírus, vacina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar