04:48 04 Março 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    170
    Nos siga no

    A alta de 33,4% no período de julho a setembro do ano passado não foi suficiente para recuperar as perdas causadas a partir de fevereiro com a chegada da pandemia ao país. A queda ocorre após um crescimento de 2,2% em 2019.

    O PIB (Produto Interno Bruto) dos Estados Unidos registrou uma queda histórica de 3,5% em 2020, o pior desempenho desde 1946, um ano após a Segunda Guerra Mundial.

    Com exceção do governo e do mercado imobiliário, todos os setores da economia norte-americana sofreram baixa na produção no ano passado em função da pandemia de COVID-19. Os gastos do consumidor, por exemplo, caíram 3,9%, a maior queda desde 1932, noticiou a agência Reuters.

    O tombo do PIB dos EUA ocorre depois de um crescimento de 2,2% em 2019.

    Presidente dos EUA Joe Biden (foto de arquivo)
    © REUTERS / Kevin Lamarque
    Presidente dos EUA Joe Biden (foto de arquivo)

    O crescimento de 33,4% no período de julho a setembro do ano passado não foi suficiente para recuperar as perdas causadas a partir de fevereiro com a chegada da pandemia ao país.

    Isso porque, no quarto trimestre, o PIB cresceu a uma taxa anualizada de apenas 4%. O dado do Departamento do Comércio sobre o Produto Interno Bruto (PIB), divulgado nesta quinta-feira (28), mostrou que a economia perdeu força no fim do ano com o ressurgimento de infecções pelo novo coronavírus e com o esgotamento do pacote fiscal do governo de quase US$ 3 trilhões (R$ 16,25 trilhões).

    O presidente Joe Biden já anunciou um novo plano de recuperação no valor de US$ 1,9 trilhão (R$ 10,29 trilhões), que ainda precisará de aprovação do Congresso norte-americano.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Rússia e EUA chegam a acordo para prorrogar tratado Novo START, segundo MRE russo
    Maioria nos EUA quer fim do sistema de Colégio Eleitoral nas eleições presidenciais, diz pesquisa
    Secretário de Estado dos EUA diz que Washington está com países asiáticos contra 'pressão' da China
    Tags:
    novo coronavírus, pandemia, COVID-19, economia, Joe Biden, Estados Unidos, PIB
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar