17:12 20 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    181
    Nos siga no

    Ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, disse nesta quarta-feira (20) que o novo ocupante da Casa Branca, Joe Biden, terá "desafio histórico" de reverter as políticas de seu antecessor, Donald Trump.

    Por outro lado, Morales alfinetou o democrata, afirmando que ele assume a presidência dos Estados Unidos com os "antecedentes de ter apoiado a invasão ao Iraque". 

    Durante a administração de George W.Bush, quando Biden era senador, em 2002, ele votou a favor da operação norte-americana no país do Oriente Médio, iniciada no ano seguinte.

    O ex-presidente boliviano afirmou também que Biden tem o "desafio histórico de reverter a política intervencionista e segregacionista de Trump". 

    Com seus antecedentes de ter apoiado a invasão ao Iraque, o novo presidente dos EUA, Joe Biden, tem agora o desafio histórico de reverter a política intervencionista e segregacionista de Trump, que ao invés de estender pontes, construiu muros e prendeu crianças imigrantes

    Ao se referir a Trump, o ex-presidente boliviano disse que o republicano se despede deixando como legado a tentativa de "golpe de Estado em seu próprio país". Além disso, Morales afirmou que o antecessor de Biden promoveu o "fascismo e o racismo". O líder boliviano está internado em Cochabamba após ser diagnosticado com COVID-19. 

    ​Trump se despede deixando seu legado: tentar um golpe de Estado em seu próprio país, impor sanções, preparar intervenções e promover o fascismo e o racismo para evitar a crise do capitalismo. Os povos dignos do mundo unidos derrotaremos o imperialismo

    Mais:

    Justiça boliviana anula processo contra Evo Morales por suposta fraude eleitoral
    Evo Morales alerta para novo golpe de Estado na Bolívia
    Evo Morales denuncia campanha político-midiática contra vacina russa Sputnik V
    Tags:
    Bolívia, posse, EUA, Donald Trump, Joe Biden, Evo Morales
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar