09:19 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    Na quarta-feira (13), o diretor-executivo do Twitter, Jack Dorsey, afirmou que bloquear o perfil do presidente norte-americano, Donald Trump, foi uma "decisão correta", porém aceitou que este passo estabelece um "perigoso precedente".

    "Ter que tomar estas ações fragmenta a discussão pública. Isso nos dividem. Limita o potencial de esclarecimento, redenção e aprendizagem. E estabelece um precedente que considero perigoso: o poder que um indivíduo ou uma corporação tem sobre uma parte da discussão pública global", ressaltou.

    Além disso, ele apontou que o serviço tomou esta decisão a partir da "melhor informação que tinha, baseada em ameaças à segurança física tanto dentro como fora do Twitter".

    Conta de Donald Trump no Twitter
    Conta de Donald Trump no Twitter

    No dia 8 de janeiro, a rede social anunciou a suspensão da conta presidencial do presidente norte-americano, Donald Trump, para evitar, alegou, que suas publicações incitassem seus seguidores a protagonizarem novos distúrbios, após os protestos violentos que ocorreram no Capitólio de Washington.

    Mais:

    Professor vê 'perigo de escalada' se Biden não reverter remoção de Trump de restrições a Taiwan
    Tomadas de posse presidenciais nos EUA: de Reagan a Trump
    'Te conheço?': Netanyahu remove Trump da capa da sua conta no Twitter
    Tags:
    EUA, perfil, bloqueio, Donald Trump, Twitter
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar