12:34 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    160
    Nos siga no

    Paciente sofrendo de transtorno bipolar tentou curar quadro depressivo com cogumelos após ter lido que cogumelos e LSD ajudam no tratamento da doença.

    Um norte-americano de 30 anos sobreviveu após injetar por via intravenosa uma infusão de cogumelos alucinógenos que posteriormente começaram a proliferar em seu corpo, segundo informou estudo publicado na revista Journal of the Academy of Consultation-Liaison Psychiatry.

    O homem sofria de transtorno bipolar e tem histórico com uso de drogas intravenosas. Segundo o relatório, o paciente ferveu cogumelos alucinógenos na água e filtrou a substância resultante através de um cotonete antes de injetá-la diretamente nas veias.

    O objetivo do homem foi curar sua depressão após ter encontrado estudos que indicaram que cogumelos alucinógenos e LSD ajudam a tratar a doença.

    Nos dias que se seguiram após a injeção, o homem começou a ter sintomas como letargia, icterícia, diarreia, náusea e hematêmese, até que seus familiares o encontraram em estado de desorientação e levaram a um hospital, onde esteve 22 dias internado, oito deles na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

    Depois de realizar vários testes, os médicos descobriram que o paciente tinha uma infecção bacteriana e fúngica, potencialmente mortal para o sangue, pois cogumelos injetados se alimentavam e cresciam em seu corpo, causando falência dos órgãos.

    Devido ao tratamento intensivo com antibióticos e antifúngicos, o paciente conseguiu se recuperar, embora ainda esteja fazendo uso de antimicrobianos.

    Mais:

    Intensivista russo revela erro fatal no tratamento da COVID-19 em casa
    Médica no México é hospitalizada em UTI com reações graves após receber vacina da Pfizer
    Comissão da ONU retira maconha da lista de drogas mais perigosas
    Tags:
    antibióticos, bactérias, infecção, LSD, EUA, UTI
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar