06:58 06 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    181
    Nos siga no

    Os democratas da Câmara de Representantes dos EUA apresentaram nesta segunda-feira (11) uma resolução contendo um único artigo de impeachment contra o presidente Donald Trump.

    Eles o acusam de "incitamento à insurreição", por causa de seu papel no ataque ao Capitólio na semana passada, segundo publicou a Reuters.

    A resolução dos Democratas observa que Trump participou de um comício pouco antes de seus apoiadores começarem o ataque e diz que ele fez declarações que "encorajaram e previsivelmente resultaram" nas ações sem lei no Capitólio.

    A Câmara dos Representantes, controlada pelos democratas, deverá tratar do assunto já na quarta-feira (13). A proposta faria de Trump, um republicano, o único presidente na história dos EUA a sofrer duas acusações de impeachment.

    ​Milhares de partidários de Trump invadiram o Capitólio na semana passada, forçando os legisladores que estavam certificando a vitória eleitoral do presidente eleito Joe Biden a se esconderem, em um ataque que deixou um saldo de cinco mortos.

    A violência veio depois que Trump pediu aos apoiadores que marchassem até o Capitólio em um comício onde ele repetiu falsas alegações de que sua retumbante derrota na eleição de novembro do ano passado foi ilegítima.

    A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, muitos de seus colegas democratas e um grupo de republicanos dizem que não se deve confiar no presidente republicano para cumprir seu mandato, que termina em 20 de janeiro.

    "Ao proteger nossa Constituição e nossa democracia, agiremos com urgência, porque este presidente representa uma ameaça iminente para ambos", escreveu Pelosi a seus colegas democratas na Câmara no domingo (10).

    Anteriormente, os republicanos bloquearam um esforço para considerar imediatamente uma resolução pedindo ao vice-presidente Mike Pence que invocasse a 25ª Emenda da Constituição dos EUA, nunca usada, para remover um presidente incapaz.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, fala durante um comício para contestar a certificação dos resultados das eleições presidenciais dos EUA em 2020 pelo Congresso dos EUA, em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021
    © REUTERS / Jim Bourg
    O presidente dos EUA, Donald Trump, fala durante um comício para contestar a certificação dos resultados das eleições presidenciais dos EUA em 2020 pelo Congresso dos EUA, em Washington, EUA, 6 de janeiro de 2021

    A Câmara deve votar na terça-feira (12) a resolução que pede o uso da 25ª Emenda, que permite ao vice-presidente e ao habinete destituir um presidente incapaz de cumprir suas obrigações.

    Pence e seus companheiros republicanos mostraram pouco interesse em invocar a emenda.

    Dezenas de pessoas que atacaram policiais, roubaram computadores e quebraram janelas no Capitólio foram presas por seu papel no ato de violência, e as autoridades abriram 25 investigações de terrorismo doméstico.

    Mais:

    Memorial dedicado a Anne Frank é vandalizado com adesivos de suásticas nos Estados Unidos
    Polícia responde a relato de tiroteio em shopping dos Estados Unidos
    China culpa Estados Unidos pela 'mentira do século'
    Tags:
    impeachment, republicanos, democratas, Joe Biden, Donald Trump, Câmara dos EUA, governo, América, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar