13:09 22 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    227
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Donald Trump, reagiu à decisão do Twitter de bloquear a sua conta pessoal através da página oficial de presidente.

    "Vocês não podem nos silenciar!", disse Trump em um comunicado, que foi veiculado pela Casa Branca.

    A postagem também apareceu na conta oficial do presidente dos Estados Unidos, mas a rede social deletou imediatamente.

    "Eu previ que isso aconteceria. Estamos conversando com vários outros sites e em breve teremos um grande anúncio. Também estamos explorando a possibilidade de construir nossa própria plataforma em um futuro próximo", disse Trump.

    "O Twitter vai mais longe ao banir a liberdade de expressão, e hoje os funcionários do Twitter têm se coordenado com democratas e esquerdistas radicais, removendo minha conta da plataforma para silenciar a mim e vocês, 75 milhões de patriotas maravilhosos que votaram em mim", acrescentou Trump.

    ​Anteriormente, nesta sexta-feira (8), o Twitter bloqueou a conta do presidente dos EUA, Donald Trump, de forma permanente "devido ao risco de mais incitação à violência". Um bloqueio temporário já havia sido feito na última quarta-feira (6) após a invasão de apoiadores de Trump ao Capitólio.

    Mais:

    Trudeau diz que Trump é culpado de ataque ao Capitólio dos EUA
    Porta-voz da Câmara dos EUA planeja prosseguir com impeachment se Pence não remover Trump, diz CNN
    Impeachment de Trump dividirá ainda mais os americanos, diz líder republicano
    Biden chama Trump de 'desqualificado', mas não endossa impeachment do presidente
    Tags:
    Congresso dos EUA, eleições, Donald Trump, Twitter, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar