14:02 24 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    81012
    Nos siga no

    Um grupo de senadores republicanos liderados pelo veterano Ted Cruz disse neste sábado (2) que não votará para certificar a vitória de Joe Biden na reunião do Congresso, que acontecerá na próxima quarta-feira (6).

    A iniciativa vai de encontro a decisões de dezenas de tribunais e às conclusões de vários estados norte-americanos de que não houve problemas na votação e na contagem dos votos durante as eleições presidenciais nos Estados Unidos.

    Os 11 senadores – Cruz e seis outros atuais senadores, além de outros quatro senadores eleitos – assinaram uma declaração, que afirma que "as alegações de fraude e irregularidades na eleição de 2020 excedem às de qualquer outra em nossas vidas", conforme informa a AFP.

    A sessão da próxima quarta-feira (6) normalmente funcionaria apenas como uma formalização da vitória do candidato vencedor. O grupo liderado por Cruz, no entanto, afirmou que vai exigir a criação de uma comissão especial para conduzir uma "auditoria de emergência de dez dias" sobre os resultados das eleições.

    Senador Ted Cruz
    © REUTERS / Yuri Gripas
    Ted Cruz

    Em 14 de dezembro, Joe Biden, o candidato democrata à presidência dos EUA, recebeu 306 votos do Colégio Eleitoral, sendo exigido um mínimo de 230 para vencer a corrida presidencial. No entanto, o candidato republicano à reeleição, Donald Trump, afirma repetidamente que Biden perdeu "por uma ampla margem em todos os seis estados-chave", que as eleições foram uma "fraude" e que os resultados foram manipulados.

    A equipe do republicano tentou uma série de recursos e manobras para tentar mudar o curso da votação. Na mais recente delas, na última quinta-feira (31), Trump solicitou à Suprema Corte dos EUA que anulasse a vitória do presidente eleito Joe Biden no estado de Wisconsin.

    Mais:

    Ex-assessor de Trump apela para seus apoiadores impedirem que Congresso aceite vitória de Biden
    'Negócios são a minha forma de arte': como foram os 4 anos da política externa de Trump?
    Armas nucleares da Coreia do Norte ficaram mais perigosas com Trump no poder, diz agência
    OTAN estaria 'irritada' com atraso de Trump na transição de poder para Biden, diz mídia
    Senado dos EUA faz história e anula veto de Trump de projeto de lei de defesa
    Tags:
    Joe Biden, votação, Ted Cruz, eleição, Estados Unidos, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar