10:36 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)
    0 12
    Nos siga no

    Um profissional de saúde de um hospital de Wisconsin, nos Estados Unidos, foi demitido após deixar intencionalmente mais de 500 doses da vacina contra a COVID-19 sem refrigeração por muito tempo, informou a mídia norte-americana.

    O Aurora Medical Center, situado na cidade de Grafton, informou na segunda-feira (28) que teve que descartar cerca de 50 frascos da vacina da Moderna, cada um deles contendo dez doses, depois que os mesmos ficaram sem refrigeração durante uma noite inteira.

    ​URGENTE: representantes da Aurora afirmam agora que um funcionário de seu hospital em Grafton removeu intencionalmente a vacina da Moderna contra a COVID-19 de uma geladeira, resultando no descarte de aproximadamente 500 doses.

    Inicialmente, uma investigação preliminar levou o Aurora Aurora Medical Center a acreditar que se trava de um caso de "erro humano não intencional", mas o trabalhador admitiu nesta quarta-feira (30) que descongelou a vacina propositalmente, de acordo com um comunicado publicado pela emissora Fox News. Os motivos que teriam levado o funcionário a cometer tal ato, no entanto, não foram esclarecidos.

    "O indivíduo em questão reconheceu hoje [30] que retirou intencionalmente a vacina da refrigeração", afirmou a empresa na nota. "Isso foi uma violação de nossos valores fundamentais, e o indivíduo não trabalha mais para nós", acrescentou.

    A empresa disse que está "mais do que decepcionada" com as ações do agora ex-funcionário, que resultarão em um atraso na vacinação. A polícia de Grafton confirmou na noite de ontem (30) que está investigando o caso em conjunto com o FBI e a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) dos EUA.

    Tema:
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)

    Mais:

    COVID-19: Canadá anuncia a aprovação da vacina da Moderna
    COVID-19: Moderna confiante que sua vacina é eficaz contra nova cepa detectada no Reino Unido
    Vacina da Moderna: 1ª reação alérgica grave à inoculação contra COVID-19 é revelada pela mídia
    Tags:
    Polícia, Wisconsin, EUA, COVID-19, vacina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar