17:53 25 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)
    0 20
    Nos siga no

    A Apple Inc. fechou temporariamente todas as suas 53 lojas na Califórnia em meio ao surto de coronavírus que se alastra pelo estado, informou um porta-voz da empresa.

    O anúncio foi feito neste sábado (19). A empresa ampliou os fechamentos parciais anunciados na véspera e agora decidiu encerrar as atividades em todas as lojas na Califórnia, conforme anunciou a Reuters.

    A Apple tinha declarado na sexta-feira (18) que estava fechando temporariamente algumas lojas no estado norte-americano após o aumento dos casos locais de COVID-19, fazendo com que as ações da fabricante do iPhone caíssem na Bolsa de Nova York após o fechamento das negociações no pregão.

    Dr. Lawrence Benjamin protesta por melhor teste de COVID-19 e políticas de segurança para evitar a doença na Califórnia
    © AFP 2020 / Patrick T. Fallon
    Dr. Lawrence Benjamin protesta por melhor teste de COVID-19 e políticas de segurança para evitar a doença na Califórnia

    Só na última semana, houve uma média de 213 mil casos por dia em todo o país, um aumento de 18% em relação à média das duas semanas anteriores. O número de mortes diárias nos últimos dias ultrapassou os 3.200.

    Segundo a Universidade Johns Hopkins anunciou na sexta-feira (18), os EUA tem 17,416 milhões de infectados e 313 mil mortos pela COVID-19.

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)

    Mais:

    Valor da Apple supera PIB do Brasil e mostra que país precisa se desenvolver, diz economista
    Pequim alerta que consumidores chineses podem boicotar Apple se EUA banirem WeChat
    Apple vai pagar centenas de milhões de dólares por desacelerar os iPhones e prolongar suas baterias
    Tags:
    Califórnia, COVID-19, Apple, empresas, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar