09:58 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)
    0 50
    Nos siga no

    Imunizante pode ser o segundo a ter autorização para ser utilizado na campanha de vacinação do país.

    A vacina da Moderna contra a COVID-19 não apresenta "problemas específicos de segurança", informou nesta terça-feira (15) a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

    Segundo a AFP, autoridades da FDA se reunirão na próxima quinta-feira (17) para decidir sobre a aplicação urgente da vacina na população norte-americana.

    "Os dados [...] respaldaram um perfil favorável [para a vacina], sem problemas específicos de segurança identificados que impediriam o uso da vacina nos EUA", disse a FDA, por meio de documento.

    A análise do FDA também confirmou a eficácia da vacina da Moderna em 94,1%.

    ​O imunizante pode ser a segunda vacina a receber autorização para ser aplicada nos Estados Unidos. Nesta segunda-feira (14), o país começou a imunizar a população, com a vacina produzida pela Pfizer.

    No mesmo dia em que os Estados Unidos iniciaram a vacinação, o número de mortes causadas pela COVID-19 no país ultrapassou a marca de 300 mil.

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)

    Mais:

    Cientistas revelam como recuperar olfato após COVID-19
    Canadá dá início à vacinação contra a COVID-19, com imunizante da Pfizer
    Brasil soma pelo menos 181.945 óbitos causados pela COVID-19, indica balanço
    Infectologista diz que é 'temerário' estabelecer datas da vacinação contra a COVID-19 no Brasil
    Tags:
    pandemia, COVID-19, novo coronavírus, vacina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar