10:12 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)
    0 51
    Nos siga no

    Os EUA registraram o primeiro caso de coronavírus em um animal selvagem, um vison, reportou na segunda-feira (14) o Departamento de Agricultura, citado pela Reuters.

    Apesar da descoberta, pesquisadores asseguram que não há evidência da circulação do vírus na vida selvagem ao redor de fazendas de peles.

    O departamento informou que, através da vigilância da vida selvagem nos arredores das fazendas infectadas no estado de Utah, foi localizado um vison selvagem com SARS-CoV-2. Logo depois da descoberta, foram retiradas amostras de diferentes espécies de animais, mas todas deram resultado negativo, o que fez pesquisadores concluírem que o vírus não se espalhou pelas populações selvagens.

    Desde agosto, o coronavírus causou a morte de 15.000 visons em fazendas norte-americanas.

    Funcionários de saúde começaram a investigar o risco potencial da transmissão da infecção entre os seres humanos e os animais após detectarem no mês passado na Dinamarca uma mutação da estirpe do coronavírus em fazendas de pele.

    A fim de conter a propagação do vírus, o país nórdico, sendo o maior exportador mundial de pele de visons, mandou exterminar toda a população dos animais nos criadores. Casos da mutação do vírus em visons foram detectados posteriormente em vários países.

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)

    Mais:

    EUA aprovam vacina da Pfizer contra a COVID-19 e imunização deve começar amanhã, diz mídia
    Começa a vacinação contra a COVID-19 nos EUA, enfermeira que trabalha em UTI é a 1ª a ser imunizada
    No dia do início da vacinação, EUA passam de 300 mil mortes por COVID-19
    Tags:
    vida selvagem, eua, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar