04:01 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    4143
    Nos siga no

    As novas sanções dos Estados Unidos contra dois cidadãos e seis entidades da Rússia prejudicarão ainda mais o relacionamento bilateral, disse o embaixador russo Anatoly Antonov a repórteres.

    "As ações do governo dos EUA são apenas mais um movimento hostil e prejudicial contra a Rússia, que aprofundará a crise nas relações bilaterais", disse o embaixador russo em Washington nesta quinta-feira (10) para repórteres.

    Horas antes, o Departamento do Tesouro dos EUA anunciou que nomeou a Fundação Akhmat Kadyrov e quatro funcionários chechenos, incluindo o líder checheno Ramzan Kadyrov, junto com outras pessoas e entidades na Chechênia, em uma nova rodada de sanções da Lei Magnitsky Global.

    Edifício do Departamento do Tesouro dos EUA, em Washington, 24 de janeiro de 2017
    © AFP 2021 / Paul J. Richards
    Edifício do Departamento do Tesouro dos EUA, em Washington, 24 de janeiro de 2017

    Outras entidades chechenas sancionadas incluem Megastroyinvest e Chechen Mineral Waters Ltd.

    Antonov disse que essas acusações de violações dos direitos humanos são infundadas e acusou a administração Trump de tomar essa ação para desviar a atenção de questões, incluindo direitos humanos, nos Estados Unidos.

    Mais:

    Enviado dos EUA aponta que há possibilidades de punir Rússia por situação na Síria
    Possibilidade de EUA vencerem conflito nuclear é 'perigosa ilusão', diz vice-chanceler russo
    EUA ainda não encontraram evidências de supostas 'recompensas' russas no Afeganistão
    Tags:
    diplomacia, Crise, relações bilaterais, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar