06:30 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    301
    Nos siga no

    Hunter Biden, filho do presidente eleito Joe Biden, disse em um comunicado que o Ministério Público dos Estados Unidos no estado de Delaware está investigando seus assuntos fiscais.

    "Eu soube que o Gabinete do Procurador dos EUA em Delaware informou meu advogado que eles estão investigando meus assuntos tributários", disse Hunter Biden em comunicado nesta quarta-feira (9).

    Hunter disse estar confiante de que a revisão de seus assuntos fiscais mostrará que ele os tratou de maneira legal e adequada.

    O filho do presidente eleito dos EUA é acusado de usar a posição de seu pai como vice-presidente de Barack Obama para fazer acordos com Ucrânia, China e outras autoridades e empresas. Os Biden negaram qualquer irregularidade.

    No início deste mês, Joe Biden disse que sua família não se envolverá em nenhum negócio que possa interferir nos assuntos dos EUA.

    Hunter Biden foi, recentemente, pivô de uma crise contra sua família. Uma reportagem de The New York Post mostrou supostas negociações corruptas dos Biden, causando grande repercussão entre o público norte-americano quase duas semanas antes das eleições em novembro.

    Foto de 2010 mostra Hunter Biden (esquerda), filho do ex-vice-presidente Joe Biden (centro), conversando com o ex-presidente Barack Obama durante um jogo de basquete.
    © AP Photo / Nick Wass
    Foto de 2010 mostra Hunter Biden (esquerda), filho do ex-vice-presidente Joe Biden (centro), conversando com o ex-presidente Barack Obama durante um jogo de basquete.

    O conteúdo do texto é baseado em e-mails que teriam sido encontrados em um laptop abandonado de Hunter.

    O GTV Media Group — grupo cofundado pelo ex-conselheiro da Casa Branca, Steve Bannon — revelou um novo conteúdo supostamente copiado do disco rígido de Hunter, que mostrava imagens pornográficas de uma pessoa supostamente parecida com o empresário.

    Tags:
    Delaware, tributos, justiça, Joe Biden, governo, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar