00:48 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 13
    Nos siga no

    Um avião da Aeroflot que aterrissou no aeroporto internacional John F. Kennedy em Nova York, vindo de Moscou, foi evacuado neste domingo (6) por ameaça de bomba, mas nenhum explosivo foi encontrado a bordo.

    Um porta-voz da embaixada da Rússia nos EUA disse à Sputnik que a polícia estava fazendo buscas em uma aeronave da Aeroflot no aeroporto JFK em busca de explosivos, após receber uma ameaça de bomba.

    Pouco tempo depois, um funcionário da companhia aérea russa contou à Sputnik que nenhum explosivo foi encontrado no interior de aeronave. 

    "Havia uma ameaça de um objeto estranho a bordo, mas a informação é falsa, tudo foi checado, o avião está preparado para a decolagem, vamos embarcar logo", disse a fonte à Sputnik.

    O avião deveria ter decolado de volta para Moscou às 19h40 (horário de Brasília), mas a partida acabou sendo atrasada em mais de três horas.

    Devido a um incidente em andamento, pessoal e atividades de emergência poderão ser vistos no aeroporto JFK. Por favor, observe que o terminal está funcionando totalmente e os voos estão operando sem atrasos.

    Mais cedo, um representante da autoridade aeroportuária disse à Sputnik que todos os passageiros que chegaram de Moscou tinham desembarcado da aeronave da Aeroflot, onde a polícia fazia a busca por explosivos. O voo Aeroflot 102 pousou no JFK por volta das 17h45 (horário de Brasília) deste domingo (6).

    Mais:

    Avião aterrissa em segurança em Moscou após ameaça de bomba a bordo
    Aeroflot russa é considerada linha aérea mais poderosa do mundo
    SSJ100 da Aeroflot interrompe vôo após falha do sistema hidráulico
    Tags:
    Aeroflot, Aeroporto Internacional John F. Kennedy, EUA, Nova York, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar