19:17 21 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2564
    Nos siga no

    O Irã está enviando uma grande frota de petroleiros para a Venezuela, desafiando as sanções dos EUA a fim de ajudar Caracas a lidar com a escassez de combustível, segundo afirmam à Bloomberg fontes a par do assunto.

    Parte da frota de cerca de 10 navios iranianos ajudará também a exportar o petróleo venezuelano, asseguram fontes que pediram para não ser identificadas.

    O país sul-americano já foi um dos principais fornecedores de petróleo dos EUA, no entanto devido às sanções norte-americanas e falta de componentes para as suas refinarias, a produção do combustível diminuiu drasticamente.

    Petroleiro iraniano em porto na Venezuela
    © AP Photo / Ernesto Vargas
    Petroleiro iraniano em porto na Venezuela

    Segundo aponta o jornal, os últimos carregamentos iranianos de combustível, enviados em três navios no início de outubro, estão se esgotando, o que ameaça provocar uma escassez acentuada em todo o país.

    A frota atual enviada à Venezuela é aproximadamente o dobro daquela que em maio, surpreendendo os observadores internacionais, cruzou o mar do Caribe patrulhada pela Marinha dos EUA e foi recebida por Maduro na sua chegada no cais da refinaria El Palito.

    No final de maio, cinco petroleiros iranianos, o Clavel, o Faxon, o Fortune, o Forest e o Petunia, entregaram mais de um milhão de barris de petróleo para a nação sul-americana.

    Mais:

    Sanções contra Venezuela agravam crise no país, admite agência nos EUA
    Representante dos EUA exorta a próxima administração Biden a manter pressão sobre Venezuela
    EUA vendem petróleo apreendido de 4 navios iranianos e impõem mais sanções
    Tags:
    petroleiros, Irã, combustível, exportação, sanções econômicas, Venezuela, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar