05:56 09 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    492
    Nos siga no

    Neste sábado (5), uma delegação russa de alto nível chegou à capital venezuelana para uma missão de observação nas próximas eleições parlamentares, disse a embaixada russa em Caracas à Sputnik.

    As eleições para a Assembleia Nacional da Venezuela estão marcadas para ocorrer no domingo (6).

    "Uma delegação russa de alto nível, composta por representantes da liderança da Duma de Estado [câmara baixa russa], o Comitê de Assuntos Internacionais do Conselho da Federação [câmara alta], vice-chefes e membros de vários comitês de ambas as casas parlamentares e do Ministério das Relações Exteriores, chegou a Caracas. O objetivo da visita é observar as eleições para a Assembleia Nacional da Venezuela", disse a embaixada.
    Líder opositor venezuelano, Juan Guaidó, durante ato de campanha em Caracas, Venezuela, 24 de novembro de 2020
    © REUTERS / Manaure Quintero
    Líder opositor venezuelano, Juan Guaidó, durante ato de campanha em Caracas, Venezuela, 24 de novembro de 2020

    A agenda da delegação russa inclui visitas ao Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela e um encontro com seu presidente, bem como atividades em sedes de campanha de vários partidos e assembleias de voto.

    "A participação de observadores russos no processo eleitoral venezuelano tem sido regular recentemente, o que tem contribuído para o fortalecimento dos assuntos interparlamentares e bilaterais", acrescentou a embaixada.

    O bloco de oposição venezuelano de Juan Guaidó, ex-membro da Assembleia Nacional e líder oposicionista que fracassou na tentativa de derrubar o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro, se recusou a participar das eleições. Um total de 107 partidos políticos e alianças estarão concorrendo na votação.

    Mais:

    Maduro denuncia estratégia dos EUA para prejudicar plano alimentar da Venezuela
    Executivos norte-americanos são condenados por corrupção na Venezuela
    Representante dos EUA exorta a próxima administração Biden a manter pressão sobre Venezuela
    Tags:
    Conselho da Federação, Duma de Estado, Caracas, Nicolás Maduro, Juan Guaidó, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar