14:20 22 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    As autoridades ambientais colombianas alertaram para a presença "agressiva e invasora" da espécie de crustáceo lagostim-vermelho (Procambarus clarkii), nos pântanos e parques metropolitanos da capital da Colômbia.

    A invasão destes crustáceos de água doce, também conhecidos como caranguejos-vermelhos, representa um perigo ecológico, pois sendo uma espécie invasora e altamente adaptável, compete por alimento com espécies nativas, como os caranguejos naturais de pântanos. Além disso, os crustáceos "são transmissores de doenças para outras espécies", explicou o Ministério do Meio Ambiente da capital nesta terça-feira (1º).

    Devido à quantidade de bactérias e de patógenos transportados pelos crustáceos, os especialistas alertam para os riscos à saúde causados pelo consumo de suas carnes, bem como seu uso na preparação de bebidas afrodisíacas e outros tipos de produtos.

    Se você encontrar um caranguejo deste tipo:
    Evite a manipulação direta,
    Não jogue objetos que o possam machucar;
    Não o pegue;
    Não o alimente;
    [Se o ver] Reporte para os números 3174276828, 3183651787 ou 3182154047.

    Essa espécie de lagostim é nativa do sudeste dos EUA, o animal foi originalmente introduzido em Valle del Cauca, na costa do Pacífico colombiano, para fins comerciais. Contudo, as populações foram se espalhando até chegarem à capital colombiana. O governo já está formulando estratégias para o controle da espécie na região.

    Mais:

    Pinturas rupestres são encontradas no coração da floresta amazônica (FOTOS)
    Maduro suspende toque de recolher em municípios fronteiriços com Brasil e Colômbia
    Pessimismo com Brasil e Argentina tem razões políticas e econômicas, diz especialista
    Tags:
    natureza, invasor, lagostim, praga, Bogotá, Colômbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar