01:44 27 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Joe Biden planeja nomear a ex-porta-voz do Departamento de Estado de Obama, Jen Psaki, como secretária de imprensa da Casa Branca, anunciando uma equipe de comunicação composta só por mulheres.

    No domingo (29), a equipe de Biden anunciou os novos membros da Casa Branca que vão exercer cargos de comunicação sênior, nomeando todas as mulheres escolhidas para sua suposta equipe de comunicação.

    "Estou orgulhoso de anunciar hoje [29] a primeira equipe sênior de comunicação da Casa Branca composta inteiramente por mulheres. Estas qualificadas e experientes comunicadoras levam diversas perspectivas para seu trabalho, e um compromisso compartilhado para reconstruir melhor esse país", declarou Biden no domingo (29), citado pelo comunicado de sua equipe.

    Uma equipe de comunicação de Biden será dirigida por Kate Bedingfield, uma assessora de longa data que serviu como sua diretora de comunicação durante a campanha eleitoral e que agora será diretora de Comunicações da Casa Branca.

    Jen Psaki, que antes serviu de porta-voz do Departamento do Estado durante a presidência de Barak Obama, foi anunciada como secretária de imprensa. Psaki reagiu à notícia no Twitter, elogiando Biden por seus esforços políticos anteriores enquanto servia na administração Obama.

    Estou honrada em trabalhar novamente para Joe Biden, um homem com o qual trabalhei durante a administração Obama-Biden e que ajudou a liderar a recuperação econômica, reconstruiu nossos relacionamentos com parceiros (resultando em boa prática) e levou empatia e humanidade em quase todas as reuniões das quais participei.

    Além da nomeação de Psaki, a equipe de transição de Biden nomeou Symone Sanders como porta-voz de Kamala Harris, Ashley Etienne como diretora de comunicação de Harris, Karine Jean-Pierre como vice-secretária de imprensa, Pili Tobar como vice-diretora de comunicação da Casa Branca e Elizabeth E. Alexander como diretora de comunicação da primeira-dama.

    Na quinta-feira (26), o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que deixará a Casa Branca caso o Colégio Eleitoral dê vitória a Biden, em um primeiro sinal de que pode reconhecer sua derrota eleitoral nas eleições presidenciais de 3 de novembro.

    Mais:

    Trump: Biden só entrará na Casa Branca se provar que seus votos 'ridículos' não são 'ilegais'
    Recontagem é concluída em Wisconsin e confirma triunfo de Biden sobre Trump
    Joe Biden torce o tornozelo ao brincar com cachorro nos EUA
    Tags:
    Joe Biden, Jen Psaki, Departamento de Estado, eua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar