08:59 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    153
    Nos siga no

    Governo de Alberto Fernández confirmou que está sendo investigada uma denúncia anônima recebida na embaixada argentina em Londres.

    A Argentina mobilizou neste sábado (14) suas forças de segurança na fronteira do país com o Paraguai após receber uma denúncia anônima em sua embaixada no Reino Unido.

    As informações foram confirmadas pela Reuters.

    De acordo com um comunicado do governo, a mensagem que chegou de Londres alertava sobre a possível entrada de um componente usado na fabricação de explosivos.

    A denúncia afirmava que um carregamento de nitrato de amônio havia passado da cidade paraguaia de Encarnación para sua vizinha Posadas, capital da província de Misiones, na Argentina.

    Tropas patrulham 1 mil km de fronteiras entre Paraguai e Argentina
    Jorge Cardoso/Ministério da Defesa/Fotos Públicas
    Tropas patrulham 1 mil km de fronteiras entre Paraguai e Argentina
    As forças de segurança lançaram uma investigação criminal para identificar a pessoa citada na denúncia, além de sua intenção de introduzir nitrato de amônio "para uma bomba na Argentina contra um alvo judeu".

    Mais:

    'Velocidade de contágio é tremenda', diz governo argentino após bater 1 milhão de casos da COVID-19
    Após compra de 25 milhões de doses da Sputnik V, Argentina tem ressaltada parceria com Rússia
    Argentina autoriza cultivo de cannabis medicinal para consumo próprio
    Tags:
    fronteira, terrorismo, Paraguai, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar