01:28 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    1102
    Nos siga no

    Estado da Pensilvânia é visto tanto por democratas quanto por republicanos como um termômetro para as eleições do dia 3 de novembro.

    Faltando menos de duas semanas para o pleito que vai decidir quem comanda a Casa Branca pelos próximos quatro anos, o ex-presidente Barack Obama faz nesta quarta-feira (21), em um comício ao ar livre na Filadélfia, no estado da Pensilvânia, a primeira de uma série de aparições públicas para promover o democrata Joe Biden.

    O comício vai ser por drive-in, e os apoiadores vão ouvir o ex-presidente pelo rádio de seus carros.

    Em um vídeo postado no Twitter na noite de terça-feira (20), Obama ofereceu uma prévia do "encontro", dizendo aos jovens que eles podem criar "um novo normal" na política americana indo votar.

    Uma das coisas mais inspiradoras deste ano foi ver tantos jovens americanos empolgados, organizando-se, marchando e lutando por mudanças. E para mudar o jogo em qualquer uma das questões que nos interessam, temos que votar em Joe Biden e Kamala Harris. 

    "Sua geração pode ser aquela que cria um novo normal na América. Um que seja mais justo, onde o sistema trata a todos igualmente e dá oportunidade a todos. Podemos sair deste momento mais fortes do que antes", disse Obama. 

    A Pensilvânia é um estado historicamente vencido pelos democratas. Porém, na última eleição, em 2016, Donald Trump saiu-se vencedor naquele colegiado. Em um cenário apertado, ambos candidatos à presidência cruzaram o estado nas últimas semanas promovendo encontros com os eleitores.

    "Se vencermos a Pensilvânia, venceremos a coisa toda", disse Trump na noite de terça-feira (20) em um comício em Erie, no noroeste do estado.

    Biden, por sua vez, considera que seu local de nascimento, a Pensilvânia, é como um "termômetro que ele deve vencer". O democrata visitou a região mais do que qualquer outra durante a campanha.

    Nesta quarta-feira (21), Donald Trump faz comício na Carolina do Norte. A candidata democrata à vice-presidência Kamala Harris também vai estar na Carolina do Norte para dois eventos de mobilização de eleitores: em Asheville e Charlotte. Joe Biden, segundo publicação do New York Times, ficará estudando para o debate de quinta-feira (22).

    Mais:

    Trump recusa debate virtual e emissora de TV nos EUA anuncia evento exclusivo com Joe Biden
    Obama descreve liderança de Trump sobre coronavírus como 'caótica' em teleconferência vazada
    Após críticas de Obama contra Trump, Kamala Harris é oficialmente nomeada ao lado de Joe Biden
    Rússia 'roubou' informações de míssil 'super duper' da administração Obama, afirma Trump
    Tags:
    Pensilvania, Filadélfia, comício, Joe Biden, Donald Trump, eleição, EUA, Barack Obama
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar