04:16 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    COVID-19 no mundo no início de outubro (66)
    2109
    Nos siga no

    Neste domingo (4), o médico da Casa Branca afirmou que a saúde do presidente norte-americano, Donald Trump, internado com COVID-19, segue melhorando.

    A atualização sobre o estado de saúde de Trump foi feita pelo médico da Casa Branca, o pneumologista Sean Conley, que admitiu, ao lado de sua equipe, que o presidente norte-americano precisou de oxigênio suplementar na sexta-feira (2). A equipe médica afirmou ainda que Trump pode receber alta já na segunda-feira (5) e retornar para a Casa Branca, onde seguirá sendo acompanhado.

    Durante a coletiva, Conley, apesar do prognóstico positivo, afirmou que o presidente dos EUA teve outros episódios de queda de oxigênio no sangue, porém sem a necessidade de respiração artificial. Segundo as afirmações do médico, Trump teve pelo menos duas quedas consideradas preocupantes no nível de oxigênio. 

    Em Bethesda, no estado norte-americano de Maryland, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desembarca de um helicóptero da Marinha a caminho do Hospital Militar Nacional de Walter Reed, para receber tratamento contra a COVID-19, em 2 de outubro de 2020
    © REUTERS / Joshua Roberts
    Em Bethesda, no estado norte-americano de Maryland, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desembarca de um helicóptero da Marinha a caminho do Hospital Militar Nacional de Walter Reed, para receber tratamento contra a COVID-19, em 2 de outubro de 2020

    Trump está desde a sexta-feira (2) internado no Hospital Militar Nacional Walter Reed, para onde foi levado um dia depois de revelar que testou positivo para a doença. Desde então, especula-se na imprensa sobre o estado de saúde do presidente ser pior do que estava sendo divulgado. Trump divulgou fotos e vídeos nas redes sociais afirmando que está se recuperando.

    Os EUA são o país mais atingido pela pandemia da COVID-19, com mais de 209 mil mortes causadas pela doença e mais de 7,3 milhões de casos confirmados do novo coronavírus, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins. Além de Trump, diversos outros líderes também foram contaminados pela doença, como o premiê britânico, Boris Johnson, a presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez e também o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no início de outubro (66)

    Mais:

    Equipe médica de Trump diz que presidente dos EUA 'está se sentindo bem'
    Em vídeo no Twitter, Trump diz se sentir 'muito melhor'
    Casa Branca reconhece que estado de saúde de Trump era mais grave do que o revelado
    Tags:
    Washington, COVID-19, Casa Branca, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar