19:21 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    6190
    Nos siga no

    Conforme o país com as maiores reservas de petróleo do mundo passa por uma crise de abastecimento, mais um petroleiro com combustível chegou a suas águas, procedente do Irã.

    A Venezuela recebeu novo carregamento de combustível quando um terceiro petroleiro iraniano entrou em águas do país sul-americano.

    O petroleiro Faxon, transportando 234 mil barris de combustível, estava neste sábado (3) ao largo do estado venezuelano de Sucre, no nordeste da Venezuela, segundo dados da Refinitiv Eikon, citados pela Reuters.

    Boas-vindas ao petroleiro iraniano Fortune na refinaria El Palito, na Venezuela
    © Sputnik / Marco Teruggi
    Boas-vindas ao petroleiro iraniano Fortune na refinaria El Palito, na Venezuela

    Nas passadas terça e quarta-feira (29 e 30 de setembro), outros dois petroleiros, o Forest, com 275.000 barris de gasolina a bordo e o Fortune, já tinham entrado em águas venezuelanas, afirmou Ruas Dallen, diretor da Caracas Capital Markets, que rastreia embarcações no país, citada pela agência AP.

    Dallen sugere que os carregamentos iranianos provavelmente só poderão dar um alívio temporário ao desabastecimento venezuelano.

    "Em última análise, a Venezuela não pode continuar a comprar toda a gasolina necessária já que não tem dinheiro suficiente. Portanto, o país consegue o recurso temporariamente e o Irã recebe algum dinheiro ou ouro – ainda não é um comércio sustentável", disse Dallen.

    A flotilha é o segundo grupo de petroleiros que o Irã envia neste ano para o país, antes próspero membro da OPEP. Entre maio e junho de 2020, cinco petroleiros iranianos enviaram mais de um milhão de barris de gasolina para portos venezuelanos.

    Enquanto o país possui as maiores reservas provadas do hidrocarbonetos, precisa importar gasolina para atender sua demanda interna.

    Mais:

    Maduro diz que Venezuela está desenvolvendo antiviral contra a COVID-19
    Maduro elogia multilateralismo e exalta Rússia, China e Cuba por busca por vacinas para COVID-19
    Pompeo: Cuba, Rússia e Irã exercem 'influência maligna' sobre Venezuela
    Tags:
    gasolina, embarcação, hidrocarbonetos, petróleo, Irã, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar