22:12 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 12
    Nos siga no

    Três pessoas ficaram feridas após veículo com pelo menos dez bombas explodir próximo de uma base do Exército colombiano no município de Arauquita, no departamento de Arauca.

    Dos dez cilindros de explosivos no interior do veículo, pelo menos dois acabaram detonando. Em seguida, o veículo pegou fogo.

    De acordo com o comandante da 8ª Divisão do Exército da Colômbia, o general Jairo Alejandro Fuentes, a ação teria sido perpetrada pelo Exército de Libertação Nacional (ELN), uma organização guerrilheira colombiana fundada ainda em 1964, publicou o canal de TV Caracol.

    Como resultado do ataque, pelo menos três pessoas ficaram feridas, mas após tratamento receberam alta e estão em bom estado de saúde, reportou o portal El Espectador.

    A forte explosão acabou danificando casas ao redor do veículo, sendo que um dos artefatos caiu no teto de uma delas, causando danos na cozinha e em um dos quartos.

    Técnicos de equipe anti-bomba do Exército da Colômbia isolaram a área para desativar os outros oito cilindros.

    Por sua vez, o governador do departamento de Arauca, José Facundo Castillo, fez uma declaração repudiando o ato:

    "Rechaçamos de maneira contundente o ato violento que aconteceu no departamento de Arauca", publicou a declaração o El Espectador.

    Mais:

    Explosão na Jordânia deixa pelo menos 2 pessoas mortas em área de bases militares (VÍDEO)
    Mais de mil abandonam suas casas devido a conflitos na fronteira colombo-venezuelana neste ano
    Número de mortos em protestos na Colômbia sobe para 10; há mais de 400 feridos
    Tags:
    ELN, Colômbia, guerrilha, ataque terrorista, carro bomba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar