15:46 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    181644
    Nos siga no

    O presidente norte-americano afirmou em entrevista ao jornalista Bob Woodward que os Estados Unidos supostamente têm uma arma nuclear secreta desconhecida até agora.

    O jornal The Washington Post revelou na quarta-feira (9) o que diz serem partes de 18 entrevistas realizadas entre dezembro de 2019 e julho de 2020 para o livro "Rage" (Raiva) por publicar, incluindo a suposta existência de uma arma "incrível".

    "Eu construí um sistema de armas nucleares que ninguém jamais teve neste país. Temos coisas de que você ainda nem ouviu falar ou viu. Temos coisas de que [Vladimir] Putin e Xi [Jinping] nunca ouviram falar antes. Não há ninguém, o que nós temos é incrível", disse Trump ao jornalista Bob Woodward.

    As fontes anônimas de Woodward referiram que Trump estava falando de um sistema real, e ficaram surpresos por ele o ter revelado. As fontes se recusaram a oferecer informação específica sobre o assunto.

    Trump e novas armas militares

    O presidente dos Estados Unidos tem uma reputação de discutir questões sensíveis abertamente.

    Sabe-se também que Trump nem sempre parece ter um entendimento firme das questões que discute, levando-o a fazer declarações falsas sobre sistemas de armas e suas capacidades, observa na quarta-feira (9) o portal militar The Drive.

    Como exemplo, refere o caso do "supermíssil", que ele mencionou falando com repórteres durante um evento na Casa Branca em maio de 2020, dizendo que seria "17 vezes mais rápido" que os mísseis mais modernos, em referência a semelhantes armas em desenvolvimento na Rússia e China.

    No final, acabou sendo um veículo hipersônico dono de uma velocidade máxima de Mach 17 desenvolvido pelo Exército dos EUA, que foi previamente anunciado publicamente pelo Pentágono.

    No que diz respeito às armas nucleares e a muitos de seus sistemas de transporte, correspondem aos sistemas mais secretos do arsenal militar dos EUA, mesmo que sua existência seja conhecida publicamente, destaca The Drive. Suas capacidades exatas geralmente não são reveladas para impedir que os oponentes desenvolvam contramedidas que possam limitar a utilidade da dissuasão nuclear dos Estados Unidos.

    Trump pode ter falado de armas que são conhecidas, mas cujas capacidades são mantidas em segredo, tais como as ogivas nucleares W93, bombardeiros B-21 Raider que poderiam operar armas nucleares, ou o novo míssil balístico intercontinental estratégico de dissuasão terrestre (GBSD, na sigla em inglês).

    O presidente norte-americano também poderia estar se referindo a algo mais exótico, que não existe atualmente no domínio público de nenhuma forma concreta.

    Mais:

    Rússia e China colocam em risco superioridade dos EUA no espaço, afirma Pentágono
    Trump revela novos detalhes sobre misterioso míssil hipersônico de alta precisão dos EUA
    Militares dos EUA estariam testando míssil hipersônico para Força Espacial
    EUA gastam bilhões em 'Estrela da Morte' em meio ao coronavírus, criticam especialistas
    Tags:
    The Washington Post, Washington Post, Bob Woodward, China, Rússia, Pentágono, Exército dos EUA, The Drive, B-21, Xi Jinping, Vladimir Putin, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar