09:49 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus no mundo no início de setembro (48)
    7540
    Nos siga no

    Fundo Russo de Investimentos Diretos acorda com México o envio de 32 milhões de doses da vacina contra o coronavírus Sputnik V, sendo que o fornecimento deverá começar já em novembro.

    O envio do medicamento russo ao México se substancia através de um acordo entre o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) e a empresa farmacêutica do país latino-americano Landsteiner Scientific.

    As 32 milhões de doses da Sputnik V poderão atender a cerca de 25% da população mexicana.

    O início do fornecimento, esperado para novembro deste ano, só depende da autorização dos órgãos reguladores estatais do México.

    De acordo com o RFPI, a própria Landsteiner Scientific se responsabilizará pela distribuição da vacina no México na qualidade de parceira do fundo.

    Sputnik V

    A vacina russa recebeu seu certificado de registro no dia 11 de agosto na Rússia, se tornando o primeiro medicamento de sua categoria contra a COVID-19 a ser registrado no mundo.

    Sua criação é obra do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya da Rússia, enquanto sua tecnologia já foi submetida a mais de 250 testes clínicos ao longo de décadas.

    Atualmente, testes pós-registro estão sendo conduzidos com a participação de 40 mil voluntários. Tais testes deverão ter seus resultados publicados no período entre outubro e novembro deste ano.

    No dia 4 de setembro, uma das mais renomadas revistas científicas no mundo, The Lancet, publicou os resultados da primeira e segunda fase dos testes clínicos.

    Os testes não apontaram efeitos colaterais perigosos nos voluntários, enquanto nos mesmos foi criada imunidade contra o coronavírus SARS-CoV-2.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no início de setembro (48)

    Mais:

    Rússia inicia 3ª fase dos testes clínicos da vacina Sputnik V, anuncia ministro da Saúde
    Nicolás Maduro anuncia que primeiras vacinas russas chegarão à Venezuela em outubro
    RFPI explica vantagens da Sputnik V após britânica AstraZeneca interromper testes de sua vacina
    Tags:
    México, doença, pandemia, novo coronavírus, COVID-19, vacina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar