18:43 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    4912
    Nos siga no

    Os Estados Unidos terão de gastar um total US$ 1,8 bilhão (cerca de R$ 9,54 bilhões) para remover e substituir os equipamentos empresas chinesas Huawei e ZTE em seu território.

    A estimativa de custo da operação sobre as atuais redes de telecomunicações em funcionamento nos EUA foram citadas em comunicado pela Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) norte-americana nesta sexta-feira (4).

    "Pode custar cerca de US$ 1,837 bilhão [cerca de R$ 9,54 bilhões] para remover e substituir os equipamentos da Huawei e ZTE", disse a FCC, citando pesquisa do Escritório de Cabos e Competição e do Escritório de Economia e Análise.

    A ação contra a Huawei e a ZTE faz parte de uma ampla repressão à China deflagrada durante o governo do presidente dos EUA, Donald Trump, que acusa Pequim de espionar os interesses e os cidadãos norte-americanos por meio do uso de equipamentos e redes chinesas.

    A ofensiva de Trump contra a China, que age em diversas frentes como o comércio e a política, recentemente chegou também aos aplicativos de smartphones, como no caso do TikTok. O governo do presidente chinês, Xi Jinping, nega as acusações feitas pelo governo Trump.

    Smartphone da empresa Huawei na mão de consumidor em Londres, Reino Unido, 14 de julho de 2020
    © AFP 2020 / Daniel Leal-Olivas
    Smartphone da empresa Huawei na mão de consumidor em Londres, Reino Unido, 14 de julho de 2020

    Em junho, a FCC designou oficialmente a Huawei e a ZTE como ameaças à segurança nacional norte-americana, impedindo os provedores de telecomunicações dos EUA de usarem o dinheiro de subsídios do governo por meio do Fundo de Serviço Universal de US$ 8,3 bilhões (cerca de R$ 44 bilhões) para comprar equipamentos das duas empresas para suas redes.

    Mais:

    Pentágono obtém breve isenção da Casa Branca para trabalhar por mais tempo com Huawei
    Huawei pode deixar mercado de smartphones devido a bloqueio dos EUA, diz especialista
    'Comportamento hegemônico': China se opõe à repressão dos EUA contra a Huawei
    Huawei 'contorna' investida dos EUA com nova estratégia
    Tiktok entrará com ação legal contra Trump por veto ao aplicativo nos EUA
    Tags:
    tecnologia 5G, 5G, ZTE, Huawei, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar