05:04 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    31015
    Nos siga no

    Mark Esper, secretário de Defesa norte-americano, afirma que os EUA devem agir de forma semelhante à China, que estaria dobrando seu estoque nuclear.

    O secretário de Defesa norte-americano, Mark Esper, disse no sábado (29) que os EUA deveriam modernizar sua força nuclear como resposta às ações da China.

    À medida que a China comunista procura pelo menos dobrar o tamanho de seu arsenal nuclear, é essencial modernizar nossa força nuclear e manter a prontidão, para um Indo-Pacífico livre e aberto.

    Esper fez as observações após uma reunião com o ministro da Defesa japonês, Taro Kono. Após o encontro, o Departamento de Defesa dos EUA declarou que os dois países estavam preocupados "com as ações chinesas na região".

    Em 22 de junho, a Rússia e os Estados Unidos iniciaram conversações em Viena, em uma tentativa de salvar o Tratado de Redução de Armas Estratégicas (Novo START ou START III), o último acordo que limita os arsenais nucleares dos dois países, que deverá expirar em fevereiro do próximo ano.

    A China tem repetidamente recusado o convite para participar das conversações, frustrando as esperanças dos EUA de as tornar trilaterais.

    Mais:

    Biden deve priorizar reconstrução da OTAN e conter a Rússia, diz Hillary Clinton
    Atividade de Washington no mar do Sul da China cria risco para aviação, avaliam especialistas
    Parem de vender armas para Taiwan, pede porta-voz da China em novo foco de tensões
    Tags:
    START III, Japão, Departamento de Defesa dos Estados Unidos, Departamento de Defesa dos EUA, Taro Kono, China, Mark Esper, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar