06:06 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    271
    Nos siga no

    No centro de Portland, cidade no noroeste dos EUA, para onde viajaram apoiadores de Trump, bem como manifestantes da Antifa e do BLM, houve tumultos, segundo relatos.

    No sábado (29), uma carreata com mais de 600 veículos de apoiadores de Donald Trump entrou na cidade de Portland, estado de Oregon, EUA. A polícia relatou confrontos entre os participantes do comício pró-Trump e manifestantes anti-Trump.

    Os manifestantes do Antifa e do Black Lives Matter incendiaram o prédio da Associação de Policiais na cidade, e jogaram pedras e outros objetos contra os policiais, enquanto a polícia tentava dispersar a multidão. Várias pessoas foram presas após violentos confrontos com os agentes policiais.

    A polícia relatou a morte de uma pessoa em um tiroteio na cidade. No entanto, não está claro se a morte tem conexão com as manifestações.

    Pessoa baleada no centro da cidade de Portland. @_WhatRiot está em cena, ainda não se sabe por que razão.

    De acordo com relatórios preliminares, a vítima do tiroteio é um homem branco, que, no entanto, não foi identificado pela polícia.

    URGENTE: Uma pessoa foi baleada no peito no centro de Portland. Se desconhece se está relacionado aos confrontos entre a caravana Antifa/BLM e a de Trump. Não [foi] confirmado se a pessoa está morta.

    Os protestos contra a brutalidade policial vêm atingindo Portland há mais de três meses, desde a morte de George Floyd em Minneapolis, estado de Minnesota, durante uma detenção violenta.

    Combate na ponte Morrison

    O presidente Trump se ofereceu para enviar a polícia federal para a cidade, a fim de frear as manifestações, criticando o prefeito Ted Wheeler e prometendo "deter os anarquistas, agitadores, desordeiros e saqueadores".

    O prefeito rejeitou a ajuda e criticou o presidente por "políticas de divisão e demagogia". Mais tarde, um grupo de manifestantes invadiu o lobby do prédio de apartamentos de Wheeler e exigiu sua demissão.

    Mais:

    Polícia de Berlim entra em confronto com manifestantes contrários às medidas para conter a COVID-19
    EUA enviam mais de 200 agentes federais para Kenosha, após protestos antirracistas
    Trump anuncia novo envio de forças federais para cidades democratas
    Tags:
    Portland, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar