11:40 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de agosto (58)
    1234
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, garantiu que será o primeiro a ser vacinado, quando a opção ficar disponível no seu país, para dar o exemplo à população.

    O presidente da Venezuela lembrou que cientístas de todo o mundo estão realizando pesquisas para acelerar a produção das vacinas e comemorou a vacina russa Sputnik V.

    "Fico feliz que a Rússia seja o primeiro país do mundo a vacinar sua população [...] Vai chegar a hora de vacinarem todos nós e o primeiro a ser vacinado serei eu. Vou tomar a vacina, vou dar o exemplo", declarou Maduro para a emissora estatal Venezolana de Televisión.

    Além disso, o presidente da Venezuela afirmou que sua equipe está articulando com Rússia, China e Índia os detalhes sobre a aquisição de vacinas contra o novo coronavírus.

    Maduro acrescentou que o seu governo estaria negociando a compra das vacinas e medicamentos para COVID-19 "em segredo", para evitar pressões dos Estados Unidos.

    "O governo dos Estados Unidos e Elliott Abrams (representante do governo Donald Trump para questões da crise venezuelana), nos perseguem até nisso. Vamos comprar remédios contra o coronavírus e eles nos perseguem. Chamam a empresa e dizem: não vendam a vacina para a Venezuela", explicou Maduro.

    As autoridades venezuelanas denunciaram a Casa Branca por ampliar as sanções econômicas contra seu país em meio à pandemia, afetando a situação dos infectados pelo novo coronavírus e dificultando a aquisição de insumos e medicamentos.

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de agosto (58)

    Mais:

    Maduro acusa Colômbia de tentar contaminar Venezuela com COVID-19
    Venezuela recebe ajuda humanitária do Irã contra a COVID-19
    COVID-19: líder colombiano põe em dúvida a situação na Venezuela: 'é uma bomba-relógio'
    Tags:
    vacina, COVID-19, Venezuela, Nicolás Maduro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar