00:21 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Coronavírus no mundo no início de agosto (51)
    256
    Nos siga no

    Presidente Trump apresenta previsão otimista sobre criação de uma vacina contra o coronavírus SARS-CoV-2 pelos EUA ao afirmar que ela poderia estar pronta até dia 3 de novembro deste ano.

    A previsão de Trump veio logo após o Departamento de Defesa dos EUA ter afirmado que celebrou contratos avaliados em US$ 104 milhões (cerca de R$ 555 milhões) para a aquisição de seringas e agulhas.

    A afirmação de Trump veio ao ser perguntado no programa de rádio Geraldo Rivera sobre quando uma vacina americana estaria pronta, reportou a Reuters.

    Enquanto o presidente norte-americano prevê uma vacina ainda antes das eleições, alguns especialistas em saúde da Casa Branca vêm dando previsões menos otimistas.

    Respondendo à pergunta, Trump disse que a vacina seria concluída "antes do fim do ano, talvez bem antes".

    Sobre a possibilidade de o medicamento estar pronto antes das eleições de 3 de novembro, o presidente disse:

    "Eu acho que em alguns casos é possível [que surja] antes, mas exatamente por aquele tempo por ali."

    Trump, que busca reeleição, terá pela frente, caso seja reeleito, desafio de superar as dificuldades econômicas que os EUA têm vivido impulsionadas com o regime de quarentena.

    O presidente busca a reabertura das escolas para o retorno "à vida normal", enquanto a taxa de mortalidade pela COVID-19 está em média acima dos mil óbitos por dia.

    Até o momento, os Estados Unidos já apresentaram mais de 4,8 milhões de casos e mais de 158 mil mortes pela COVID-19.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no início de agosto (51)

    Mais:

    Ministério da Saúde espera vacinar 15,2 milhões de brasileiros até dezembro
    Cientistas do Japão desenvolvem vacina para COVID-19 com bichos-da-seda
    Vacina russa contra COVID-19 mostra 'resposta imunológica inequívoca' em todos os voluntários
    Tags:
    vacina, novo coronavírus, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar