22:45 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    132
    Nos siga no

    Os Estados Unidos realizaram sua primeira execução federal em 17 anos nesta terça-feira (14) ao matar um homem de Oklahoma que foi considerado culpado por assassinar uma família do Arkansas nos anos 90.

    Daniel Lewis Lee foi executado por uma injeção letal, informou a Agência Federal das Prisões em comunicado. 

    O prisoneiro foi morto após um recurso de sua família ter sido negado pela Suprema Corte dos EUA, o que abriu caminho para a execução. 

    Antes de ser morto, Lee reiterou que ele era um homem inocente, dizendo: "Eu não fiz isso... cometi muitos erros na minha vida, mas não sou um assassino", de acordo com relato da agência de notícias Associated Press. 

    A Agência Federal das Prisões ressaltou que Lee foi considerado culpado de matar uma menina de 8 anos, Sarah Elizabeth Powell, e seus pais, William Frederick Mueller e Nancy Ann Mueller, em janeiro de 1996.

    Os assassinatos foram parte de seu esforço para obter fundos para uma organização supremacista branca, de acordo com as autoridades dos Estados Unidos. 

    O Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito de Columbia atrasou na segunda-feira (13) a execução para dar tempo a impugnações legais ao procedimento do governo federal. Todavia, a Suprema Corte anulou a decisão do tribunal distrital, permitindo que a execução prosseguisse.

    A execução foi a primeira a ser realizada pelo governo federal desde 2003, embora vários estados individuais tenham aplicado penas de morte no período. Mais duas execuções federais estão agendadas para esta semana.

    A administração do presidente Donald Trump ordenou a retomada da pena de morte para prisioneiros federais em 2019. A medida desencadeou críticas tanto dentro do país quanto no exterior. 

    Mais:

    Peste bubônica chega aos EUA ao ser contraída por esquilo
    'Capitão Gancho': descoberto nos EUA dinossauro de 66 milhões de anos com garras (FOTO)
    'Duro golpe' nos EUA: analisados pontos fortes de possível acordo entre China e Irã
    Filipinas dizem apoiar fortemente posicionamento dos EUA sobre mar do Sul da China
    Tags:
    Donald Trump, morte, Prisão, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar