07:55 29 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    228
    Nos siga no

    O e-mail da Amazon que solicitou aos funcionários que excluíssem o aplicativo TikTok de seus dispositivos móveis foi enviado por engano, disse um porta-voz da empresa em comunicado obtido pela Sputnik.

    "Não há mudanças em nossas políticas no momento em relação ao TikTok", afirmou a companhia.

    No início da sexta-feira (10), vários funcionários da Amazon receberam um e-mail da empresa solicitando que excluíssem o aplicativo TikTok de seus dispositivos móveis até o final do dia devido a riscos de segurança.

    Na terça-feira (7), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que a Casa Branca considera proibir aplicativos chineses, incluindo o TikTok, por questões de privacidade. 

    O governo chinês pediu aos Estados Unidos que pare de usar mecanismos do governo para pressionar as empresas da China.

    TiKTok é um aplicativo para criar e assistir vídeos curtos, de propriedade da empresa chinesa ByteDance. Foi lançado em 2018 e está liderando o segmento de aplicativos de vídeo curto na China e ganhando popularidade em todo o mundo.

    Mais:

    EUA aprovam venda a Taiwan de mísseis Patriot por US$ 620 milhões
    Força Aérea dos EUA une esforços ao Exército para desenvolver aeronave de decolagem vertical
    Substituição dos F-35 dos EUA? Japão inicia desenvolvimento de caça de última geração
    Caos nos EUA pode estar fazendo com que Europa resolva questão do Nord Stream 2
    EUA aproximam mundo de uma guerra nuclear por 'vitória' e desprezo a acordos, diz Lavrov
    Tags:
    aplicativo, Estados Unidos, Amazon
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar