23:10 03 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrentando COVID-19 no início de julho (40)
    1101
    Nos siga no

    O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, instou o presidente da EUA, Donald Trump, a deixar de ser "coconspirador" do coronavírus e reconhecer a gravidade da crise.

    "Senhor presidente, não seja um coconspirador da COVID-19. Faça algo bem simples. Reconheça ao povo norte-americano que a COVID existe, que é um problema importante. Continuará sendo até que admitamos isso e cada um de nós faça a sua parte. Se não reconhecer, está facilitando o vírus", disse o governador.

    Durante uma coletiva de imprensa, Cuomo abordou as recentes alegações de Donald Trump de que 99% dos casos de coronavírus seriam inofensivos e que o número crescente de infecções seria o resultado da ampliação dos testes.

    Ele também lamentou o rápido abandono "imprudente" das restrições econômicas e sociais por muitos estados que agora estão enfrentando um aumento nos casos.

    "Veja os estados que de forma imprudente reabriram e agora estão fechando novamente. A quem ajudou isso? Isso realmente nos atrasou", disse Cuomo.

    Tema:
    Mundo enfrentando COVID-19 no início de julho (40)

    Mais:

    Bolsonaro cumprimenta Trump pelo Dia da Independência dos Estados Unidos
    Será que Rússia foi excluída do G8 por 'vitórias na política externa', como diz Trump?
    Trump diz que EUA terão vacina para COVID-19 ainda em 2020 e promete derrotar 'esquerda radical'
    Tags:
    Nova York, Donald Trump, EUA, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar