22:21 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2350
    Nos siga no

    As autoridades venezuelanas apreenderam em um porto do estado de Carabobo (centro) um lote de armas de guerra que haviam sido enviadas por mar dos EUA.

    "Queremos informar sobre uma importante apreensão de armas de guerra efetuada pelo Corpo de Investigações Científicas Penais e Criminalísticas (CICPC), estas armas foram enviadas por via marítima a partir dos EUA no navio San Andrés", declarou ao canal do Estado Venezuelano de Televisão o vice-ministro do Sistema Integrado de Investigação Penal do Ministério do Interior, Justiça e Paz, Humberto Ramírez.

    ​Um total de 21 fuzis, 2 pistolas, 5.558 munições e 110 carregadores provenientes dos EUA foram apreendidos como parte das investigações realizadas pelo CICPC nos estados de Zulia e Carabobo.

    O vice-ministro detalhou que foram apreendidas 21 fuzis AK-47, duas pistolas de calibre nove milímetros, 110 carregadores e 5.558 munições de diferentes calibres.

    Ramírez assegurou que as armas estavam destinadas a grupos terroristas que tinham como objetivo cometer atentados contra a paz do país sul-americano.

    "Queriam continuar com a desestabilização política. Nós, como governo bolivariano, vamos continuar aprofundando na investigação para pôr todos os responsáveis por este novo ato à ordem dos tribunais", ressaltou.

    O vice-ministro afirmou que coordenará com a Organização Internacional da Polícia Criminal (Interpol) a identificação das pessoas envolvidas no caso.

    ​A informação foi relatada por Humberto Ramírez, vice-ministro do Sistema Integrado de Investigação desde o pátio 4 do porto da cidade de Puerto Cabello.

    "Temos como questão na parte da investigação [saber] como é que um dos países com maior tecnologia e maior controle em matéria de segurança permite que estas armas sejam enviadas por via marítima e contrabandeadas para o território venezuelano", expressou.

    Ramírez observou que no dia 19 de junho as autoridades iniciaram uma investigação no estado de Zulia (oeste) após a primeira apreensão de quatro armas de fogo do tipo fuzil, 1.350 munições e 60 carregadores de diferentes calibres.

    Ele também comunicou que nessa operação foram detidas duas pessoas, posteriormente postas à ordem do Ministério Público.

    Mais:

    Irã envia navio com alimentos para Venezuela a fim de inaugurar seu 1° supermercado no país
    EUA impõem sanções a empresas do México por suas ligações à Venezuela
    México congela contas de empresas sancionadas pelos EUA por comércio de petróleo da Venezuela
    Tags:
    contrabando, EUA, busca e apreensão, apreensão, armas, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar