09:27 25 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrentando COVID-19 no início de julho (40)
    2132
    Nos siga no

    Os Estados Unidos registraram mais de 48 mil casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas.

    O número é o maior aumento diário desde o início da pandemia no país, segundo publicou a agência de notícias Reuters citando cálculos próprios. A agência ressalta ainda que apesar de os EUA terem 4% da população mundial, o país responde por cerca de 25% dos casos e mortes causadas pelo novo coronavírus globalmente.

    De acordo com a Universidade Johns Hopkins, até o momento 2.683.894 pessoas foram diagnosticadas com COVID-19 nos EUA. O país é o mais afetado pela pandemia no mundo e acumula 128.044 mortes, além de 729.994 recuperações entre os infectados.

    Profissionais da saúde em laboratório de testes para coronavírus nos EUA
    © AP Photo / Andrew Harnik
    Especialistas médicos em laboratório de testes do coronavírus nos EUA

    O vírus que causa a COVID-19 - SARS-CoV-2 - foi detectado pela primeira vez em dezembro de 2019, na região de Wuhan, na China. Desde então o vírus se espalhou pelo mundo, trocando de epicentro ao longo do processo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto de COVID-19 como uma pandemia em 11 de março deste ano.

    Até o momento, mais de 10,6 milhões de pessoas foram infectadas com o novo coronavírus em todo o mundo, com mais de 515 mil mortes causadas pela doença, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins.

    Tema:
    Mundo enfrentando COVID-19 no início de julho (40)

    Mais:

    COVID-19: Brasil pode ultrapassar EUA em 48 dias e ser o mais mortal do mundo, diz estudo
    União Europeia estuda barrar entrada de turistas dos EUA devido à pandemia da COVID-19
    'Não há nada para Europa': EUA são criticados por estocar quase todo remdesivir dos próximos meses
    Tags:
    Wuhan, China, EUA, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar