06:50 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 212
    Nos siga no

    No decorrer das escavações anuais no glaciar Colony, ao norte da cidade de Anchorage, militares americanos encontraram novos restos mortais das vítimas do acidente aéreo que ocorreu em 1952, segundo a AP.

    A tragédia aconteceu perto de Anchorage em 22 de novembro de 1952. Um avião militar C-124 Globemaster, seguindo do estado de Washington rumo ao Alasca, colidiu com a montanha Gannet.

    Como resultado, 41 passageiros e 11 membros da tripulação morreram. Na época não foi possível extrair os restos mortais das vítimas, tendo o avião com os cadáveres deslizado para o sopé da montanha acabando por se cobrir de gelo.

    Com o passar do tempo, o desastre foi esquecido, até que uma missão de treinamento militar encontrou no glaciar uma balsa amarela. Em 2012, começou a operação para encontrar os escombros do avião e restos mortais.

    Entre as coisas que foram encontradas neste mês no glaciar Colony há uma figurinha de Buda, um traje aéreo, vários selos postais de três centavos, um horário de missas em uma igreja, bem como 480 sacos com restos mortais individuais.

    • Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952
      Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952
      © AP Photo / Mark Thiessen
    • Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952
      Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952
      © AP Photo / Mark Thiessen
    • Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952
      Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952
      © AP Photo / Mark Thiessen
    • Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952
      Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952
      © AP Photo / Mark Thiessen
    1 / 4
    © AP Photo / Mark Thiessen
    Pertences de vítimas que morreram no acidente aéreo com o avião C-124 Globemaster em 1952

    Segundo disseram na sexta-feira (26) os militares norte-americanos no decorrer de uma coletiva de imprensa, a operação visa identificar os restos mortais de todas as vítimas do acidente de 1952 e retorná-los aos seus entes queridos. Os membros da operação estão tentando identificar o maior número possível de corpos até os destroços do avião caírem no lago George.

    Até o momento, foram identificados todos os restos mortais exceto de nove pessoas, segundo a mídia. As buscas poderiam levar vários anos.

    Mais:

    Raro fenômeno das 'ratazanas glaciais' surpreende pesquisadores de geleiras (FOTOS)
    Incêndios 'zumbis' debaixo de neve estão ardendo no Ártico há meses, dizem cientistas
    Força Aérea dos EUA envia bombardeiros B-52 ao Alasca para exercícios de interceptação
    Tags:
    acidente aéreo, restos mortais, Alasca
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar