15:02 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 no mundo no fim de junho (34)
    0 30
    Nos siga no

    Um estudo do Instituto de Métricas de Saúde e Avaliação (IHME) aponta que o uso de máscaras nos Estados Unidos pode salvar 33 mil vidas ao longo dos próximos três meses.

    Os dados publicados em uma projeção do IHME nesta quarta-feira (24) mostram um aumento relativamente constante na mortalidade por COVID-19, com picos e quedas até outubro deste ano. No entanto, os gráficos mostram uma forte diferença entre a projeção sem o uso de máscaras pela população e a projeção batizada de "Máscaras Universais".

    Na projeção sem a precaução das máscaras, a perspectiva é de que o número de mortos alcance 179.106 até o dia 1º de outubro deste ano, o equivalente a uma taxa média de 614 mortes por dia.

    Pessoas com máscaras em uma rua de Nova York durante pandemia, nos EUA
    © Sputnik / Brian Smith
    Pessoas com máscaras em uma rua de Nova York durante pandemia, nos EUA

    Já a projeção que considera o uso universal de máscaras mostra um acúmulo menor de pessoas mortas pela pandemia no mesmo período, o que chegaria a 146.037, uma média de 87 mortes por dia.

    Em março deste ano, o IHME realizou uma projeção apontando que os EUA teriam 81 mil mortes até julho, no entanto, o país chegou a 121 mil mortos no mesmo período. Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, os EUA são o país com mais mortes e casos confirmados de COVID-19 do mundo.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 no mundo no fim de junho (34)

    Mais:

    'Politizaram a pandemia': OMS alerta que crise da COVID-19 segue em aceleração
    Países que tiveram sucesso contra COVID-19 estão vendo aumento de casos, alerta OMS
    Vacina contra COVID-19 deve sair até fim deste ano ou início de 2021, diz infectologista
    Tags:
    COVID-19, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar