00:46 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    9521
    Nos siga no

    O presidente norte-americano Donald Trump expressou seu posicionamento sobre as atuais relações dos EUA com a Venezuela em sua conta no Twitter nesta segunda-feira (22).

    A declaração ocorreu após uma entrevista de Trump ao site de notícias Axios, onde ele afirmou que teve dúvidas sobre sua decisão de reconhecer o oposicionista Juan Guaidó como líder legítimo da Venezuela, dizendo que poderia considerar uma reunião com o presidente venezuelano Nicolás Maduro.

    ​Ao contrário da esquerda radical, eu sempre me posicionarei contra o socialismo e a favor do povo da Venezuela. A minha administração sempre esteve do lado da autonomia e da liberdade, e contra o regime opressivo de Maduro! Eu só me encontraria com Maduro para discutir uma coisa: uma saída pacífica do poder!

    Trump declarou que não apoiava muito a decisão de seu governo de apoiar Guaidó, que tentou depor o presidente venezuelano em meio a protestos que irromperam na Venezuela após a eleição de 2018, quando Maduro foi reeleito para um segundo mandato de seis anos.

    Em janeiro de 2019, Guaidó, que presidia a Assembleia Nacional venezuelana, proclamou-se presidente interino em uma tentativa de expulsar Maduro do poder.

    Os EUA e vários outros países ocidentais ficaram do lado do oposicionista, enquanto Rússia, China, Turquia e outras nações apoiaram Maduro, reconhecendo-o como o único líder legítimo da Venezuela.

    Mais:

    Trump diz que poderia encontrar Maduro e expressa dúvidas em relação a Guaidó, diz site
    Trump viu Venezuela como 'parte dos EUA' e que seria 'legal' invadi-la, diz Bolton em livro
    Trump nomeia embaixador na Venezuela após negar envolvimento dos EUA em incursão fracassada
    Tags:
    Venezuela, Juan Guaidó, Nicolás Maduro, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar