09:28 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    A companhia Latam Airlines Argentina anunciou nesta quarta-feira (17) o cessamento de suas operações, tanto de passageiros como de carga, "por tempo indeterminado".

    Segundo a companhia aérea, que operou durante 15 anos na Argentina, a medida se deve ao "impacto" da pandemia de coronavírus e à dificuldade de efetuar os múltiplos acordos necessários para enfrentar a situação atual, o que "contribui para um cenário extremamente complexo, em que não existem as condições para viabilizar e sustentar as operações da filial a longo prazo".

    ​A LATAM Airlines Argentina deixa de operar no país. A LATAM Airlines Group e suas outras filiais seguirão operando as rotas internacionais com destino aos EUA, Brasil, Chile e Peru para conectar a Argentina com o mundo.

    Com a decisão, foram suspensos os voos que a companhia fazia para 12 destinos domésticos. Já as rotas internacionais destinadas aos EUA, Brasil, Chile e Peru, "continuarão sendo operados por outras filiais do grupo (LATAM Airlines), uma vez que sejam levantadas as restrições impostas pelas autoridades em meio à emergência sanitária". O mesmo acontecerá com as rotas de carga para o exterior.

    A companhia aérea informou que aqueles que adquiriram passagens com cartão de crédito, o dinheiro "será reembolsado automaticamente dentro de 30 a 45 dias" para o mesmo cartão utilizado no momento da compra.

    Aqueles que compraram passagens com destinos internacionais poderão alterar a data de voo sem custo adicional ou tarifa, ou solicitar um "voucher de viagem", a ser utilizado até 31 de dezembro de 2021 em qualquer rota da LATAM.

    Mais:

    Embaixada brasileira prepara queixa contra LATAM por desrespeito a passageiros retidos em Portugal
    Aviação mundial levará 3 anos para se recuperar da COVID-19, prevê dono de companhia aérea
    EUA suspendem voos de 4 companhias aéreas chinesas
    Tags:
    Argentina, COVID-19, novo coronavírus, crise, aviação civil, aviação, Latam
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar